Publicações

Veja abaixo nossas publicações

STJ suspende ações sobre redirecionamento de Execução Fiscal

  • 24/10/2016 11:59:47
Os processos que discutem o redirecionamento da execução fiscal contra sócio que administrou empresa devedora à época do fato tributário, mas não participou de dissolução irregular da sociedade por ter deixado a companhia regularmente foram suspensos pelo Superior Tribunal de Justiça. A decisão é da ministra Assusete Magalhães, que afetou o caso como recurso repetitivo.
 
O tema, que recebeu o número 962, será julgado pela 1ª Seção do STJ. No recurso indicado como representativo da controvérsia, a Fazenda Nacional alega que o sócio fazia parte da sociedade no momento da constituição do crédito tributário, e que entendimento contrário afronta o artigo 135 do Código Tributário Nacional.
 
Segundo a Fazenda Nacional, o fato de o sócio não ter envolvimento com a dissolução irregular posterior não retira a sua responsabilidade pela dívida, pois, ao se tornar parte da sociedade, ele assumiu o passivo e o ativo da empresa, não se desvinculando de suas obrigações apenas pela alienação das cotas sociais.

Fonte: www.conjur.com.br
 
 
EP&C Advogados Associados
 
Novo Hamburgo | 51 3524.8340
WhatsApp/Telegram: 51 8626-5197
epcnh@epc.adv.br 
 
Caxias do Sul | 54 3214.5816
WhatsApp/Telegram: 54 8414.9697
epc@epc.adv.br 

 

Clique e contate-nos:

Caxias do Sul

Novo Hamburgo

Compartilhe esta publicação

0 Comentário(s)

Deixe um comentário